5 aspectos para tomar cuidado na hora de construir ou reformar

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Hoje trazemos algumas dicas fundamentais para quem pensa em construir ou uma reformar. Para que uma obra ande como o esperado é fundamental ter um planejamento eficaz e acompanhar de perto todas as etapas, tomando as devidas precauções para evitar retrabalhos. Mas será que você sabe quais são as situações que mais pedem cuidado? Apontamos 5 aspectos para tomar cuidado na hora de construir ou reformar.

1 – Mão de obra

Resultado de imagem para brick construction

falta de mão de obra especializada no Brasil afeta  algumas regiões com mais gravidade. Para suprir a ausência dela, são contratados profissionais com pouca experiência ou sem conhecimento na atividade, o que acaba influenciando diretamente no prazo e na qualidade do trabalho.

Muitas vezes os proprietários do imóvel optam por profissionais não qualificados porque não possuem conhecimento do mercado da construção, partindo para a opção mais barata. Essa atitude pode onerar o orçamento previsto para a obra, pois falta de qualidade técnica e o baixo desempenho podem sair caro na forma de falhas construtivas, falta de produtividade e retrabalho.

A base de todo empreendimento é justamente a contratação de empresas e profissionais especializados, que devem conhecer bem e respeitar a normatização técnica.

É importante verificar a situação da empresa junto ao CREA e ao CAU, solicitar portfólio, buscar referências, levantar a situação jurídica e financeira para se precaver.

2 – Normas técnicas

normas técnicas

A norma que trata de reformas em edificações é a ABNT NBR 16280:14. Ela estabelece as diretrizes que devem ser seguidas em diferentes fases da obra, do planejamento à finalização do projeto.

Conforme consta no catálogo da ABNT, para a aplicação dessa norma são necessárias diversas outras, como a NBR 12721:2006, 14037:2011 etc. Além disso, existem as diretrizes específicas de estrutura e concreto (NBR 6118 e NBR 14931, por exemplo) que devem ser associadas.

Em caso de dúvidas sobre qualquer aspectos da obra, consultar a norma respectiva é sempre muito esclarecedor e pode evitar muitos problemas.

3 – Sistema estrutural da edificação

estrutura de obra

Parece básico, mas vale ressaltar: a estrutura tradicional de uma edificação – composta por fundação, pilares, vigas e lajes – jamais deve ser alterada no projeto sem o consentimento do engenheiro responsável. Falta de compatibilização e falhas de comunicação são alguns dos problemas que afetam a obra antes mesmo dela começar.

Por isso, é fundamental conhecer o sistema estrutural da edificação. Uma intervenção indevida na estrutura pode comprometer a segurança. Por exemplo: em um sistema de alvenaria estrutural, as paredes são a estrutura e sustentam toda a carga. Remover uma delas por engano pode levar a edificação à ruína.

Sempre conte com um engenheiro responsável experiente que coordene a execução da estrutura.

4 – Especificações técnicas

Resultado de imagem para materiais de construção

Para garantir que os materiais e sistemas construtivos utilizados no projeto satisfaçam as necessidades da obra, é importante se atentar quanto às especificações técnicas. Os projetistas têm a obrigação de especificar detalhadamente as características dos materiais e o que deve ser cumprido por eles em termos de desempenho e resistência.

Cada tipo de material tem uma finalidade específica que deve atender ao que será exigido dele. O emprego dos materiais de forma inadequada ou a  sua utilização para uma finalidade diferente da qual foram concebidos pode prejudicar todo um sistema.

O correto dimensionamento destes materiais também é muito importante, para que o sistema funcione adequadamente e não seja gasto dinheiro sem necessidade.

5 – Procedimentos executivos

procedimentos executivos

No decorrer de uma obra é necessário que as atividades executadas estejam claramente determinadas entre os profissionais envolvidos. Assim, evita-se imprevistos ao longo do processo.

Tanto em obras, quanto em reformas, não pode haver muito espaço para improvisos. Com isso, todos os procedimentos de execução devem estar bem definidos antes do início dos trabalhos, sendo elaborados ainda durante a fase de planejamento.

A forma e a ordem com que uma tarefa é executada pode ser tão importante quanto a qualidade de sua execução.

A Rokrisa é especializada em gerenciamento de obras há quase 40 anos. Quando somos contratados para executar uma obra, usamos todo o nosso expertise para elaborar um planejamento refinado e preciso, onde o cliente consegue acompanhar conosco durante a fase de execução, todos os custos envolvidos na obra e o total empregado em cada fase da construção. Além de fiscalizar a execução, fazer prospecção de materiais, elaborar contratos e controlar a contabilidade e recolhimentos da obra, nós oferecemos todo o suporte que nossos clientes necessitam para se sentir seguros e estarem sempre por dentro de tudo o que acontece no canteiro.

Se você precisa de uma empresa competente, que trabalhe com seriedade, compromisso e transparência, entre em contato conosco!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×